UnderGround Forums
 

Português UnderGround >> Jadson Costa: entrevista


1/21/04 4:55 PM
Ignore | Quote | Vote Down | Vote Up
BRO HYMN
1 The total sum of your votes up and votes down Send Private Message Add Comment To Profile

Edited: 21-Jan-04
Member Since: 01/01/2001
Posts: 6307
 
Retirada do site da Tatame. Wanderleizinho da Chute Boxe Em novembro, Jadyson Costa já empolgara o público ao nocautear Júnior Aguiar (Boxe Thai) na luta principal do Storm Samurai. Em seguida, o paranaense deu um show no Meca X, finalizando o faixa preta de Jiu-Jitsu Marcelo Nigue e ganhando o apelido de Wanderleizinho, por causa do seu estilo agressivo. Aos 23 anos, o atleta de 1,77m e 70kg já tem sete lutas na modalidade, com cinco vitórias e duas derrotas, e se prepara para dar um grande passo, lutar no Pride. Em entrevista ao site TATAME, Jadyson conta como chegou na Chute Boxe, fala do apelido e da oportunidade de lutar no Japão. Como você começou a lutar? Comecei aos 13 anos, no Karate Gojuyu. Dos 14 aos 16, fiz Boxe com o Chiquinho e em 1996 me interessei por Vale-Tudo, depois que um amigo meu me mostrou algumas lutas. Só que eu não tinha chão e resolvi fazer Jiu-Jitsu, com o Almir, em Paranaguá (PR) mesmo. Fiquei um ano e meio com ele e depois de um campeonato em Curitiba passei a treinar com o Renato Tavares. Fiquei uns três anos com o Renato. Fui treinar Muay Thai quando entrei na Chute Boxe, em 2001. Hoje sou faixa preta de Karate, roxa 3º de Jiu-Jitsu e ponta azul clara de Muay Thai. E como você chegou na Chute Boxe? Em 2000, o Renato foi para os Estados Unidos e na Copa Quiosque Natureza de 2002, conheci o Rudimar (Fedrigo, líder da Chute Boxe). Disse a ele que gostaria muito de lutar o Meca e mostrei uma fita com as minhas quatro primeiras lutas. Ele gostou e me colocou contra o Cristiano Marcelo, no Meca 7. Eu queria crescer e então pedi a ele para treinar na Chute Boxe. Ele me aceitou e já estou a um ano e quatro meses na equipe. Estreei em uma cidade em Santa Catarina contra um cara do Hapkido e Taekwondo. Finalizei o cara com 2min50seg em um armlock montado. Como foi a tua estréia no Meca? Tinha uma diferença grande de peso, uns seis quilos de vantagem para o Cristiano. Fiz um jogo de velocidade e comecei a trocação, acabei caindo em um triângulo, depois de escapar de uma chave de braço. Por causa do seu estilo de luta, tem muita gente já te considerando o Wanderleizinho da Chute Boxe. Como você se sente com essa comparação? A responsabilidade aumenta? Achei legal o apelido... O Wanderlei Silva sempre foi o meu ídolo no Vale-Tudo, mesmo quando eu ainda não lutava pela Chute Boxe. Sempre me inspirei no estilo de luta dele e essa comparação é mais um incentivo para mim dentro do ringue. A responsabilidade aumenta, mas estou preparado para isso. Muda em alguma coisa lutar no exterior? Para mim, ser no Japão não faz a menor diferença. Vou lutar com se estivesse competindo em uma cidade do interior. Existem alguém que você queira enfrentar? Gostaria de lutar com o Caol Uno e o campeão do meu peso no Shooto, o Vitor Shaolin. Os dois são muito bons e admiro muito a técnica deles. Como é o Jadyson Costa dentro do ringue? Define para gente o teu estilo. O meu estilo é mais agressivo. Gosto de ir para cima, sem parar de bater e se movimentando sempre. O negócio é dar show para o público. Este aí ainda vai dar trabalho. Um abraço

Reply Post

You must log in to post a reply. Click here to login.