UnderGround Forums
 

Português UnderGround >> Popó ensaia sua volta aos ringues


10/10/04 10:04 AM
Ignore | Quote | Vote Down | Vote Up
BRO HYMN
1 The total sum of your votes up and votes down Send Private Message Add Comment To Profile

Edited: 10-Oct-04
Member Since: 01/01/2001
Posts: 7648
 
Domingo, 10 de outubro de 2004, 10h17 Popó ensaia volta ao topo Allen Chahad Cézar Martins A primeira queda nos ringues deixou Popó com sede de vingança. Em sua 36ª luta na carreira, a primeira como campeão dos Leves, o baiano Acelino Freitas, até então imbatível nos ringues, caiu diante do americano Diego Corrales e perdeu o cinturão da Organização Mundial de Boxe (OMB), que havia conquistado em janeiro. Agora, o pugilista já planeja sua caminhada para reconquistar o título e confirmar a sua condição de estrela brasileira nos ringues internacionais. A retomada da trajetória de sucesso passa pelo Brasil. A última luta de Popó no ano será disputada no Brasil, no dia 11 de dezembro, no ginásio do Ibirapuera, em São Paulo. Para os especialistas da modalidade, o lutador brasileiro deve encontrar problemas para se firmar na nova categoria. "Lamentavelmente ele subiu de categoria. Quando isso acontece, dificilmente vai para frente", disse Servílio de Oliveira, único medalhista olímpico do boxe brasileiro (bronze em 1968, no México). "O Popó depende única e exclusivamente dele mesmo. Não sei quais os anseios dele. Se ele quiser voltar topo, vai conseguir, pois ainda é jovem e tem apenas uma derrota em toda a carreira gloriosa", disse Servílio. As críticas ao pugilista surgiram após a forma como foi derrotado por Corrales. Cansado, depois de cair três vezes, Popó abandonou a luta no décimo assalto. A atitude surpreendeu os analistas americanos, acostumados a ver o brasileiro buscar as vitórias logo nos primeiros rounds. O primeiro título de Popó foi conquistado na categoria Superpena, em 1999, pela OMB. Três anos depois, o baiano unificou os títulos com a conquista do cinturão da AMB. Derrota Para Servílio de Oliveira, porém, a derrota para Corrales foi causada por um erro de estratégia do próprio Popó. "A estratégia que ele usou foi equivocada. Quando se luta com alguém que vem para cima o tempo todo, não pode ficar correndo muito. Uma hora tem que ir para o pau e se fazer respeitar", afirmou o ex-lutador. "Mas numa próxima luta com esse camarada (Diego Corrales) ele vai se dar bem, porque já vai conhecê-lo." No mundo, o brasileiro ainda é reconhecido por boas atuações nos ringues. O espanhol Marca, um dos mais conceituados jornais esportivos do mundo, já encheu o brasileiro de elogios: "Popó conseguiu seu cartel de forma rápida e é considerado um dos pugilistas mais excitantes e importantes da América do Sul, além de ser um herói nacional no Brasil". Segundo a ESPN, "Popó é um herói do Brasil, onde dificilmente as estrelas do jiu-jitsu teriam coragem de enfrentá-lo". O site boxingobserver.com, que tem especialistas do boxe para desenvolver um "jornalismo opinativo" (como sua própria linha editorial define), já chamou Popó de "O Bombardeiro Brasileiro". Segundo a página, ele tem uma "estratégia impecável". "Quem critica Popó deve ter uma pontinha de dor de cotovelo, por algum motivo que desconheço. Ele é um campeão e provou isso", encerrou Servílio de Oliveira. Redação Terra

Reply Post

You must log in to post a reply. Click here to login.